Devo vender minha empresa?

Devo vender minha empresa sem bordaA única certeza que temos é a de que não existem fórmulas prontas e infalíveis. Conhecemos pessoas que venderam suas empresas e se arrependeram, assim como são muitos os casos de empresários que recusaram ofertas de mercado para depois amargarem a consequência desta decisão. Mais comum, porém, é a constatação posterior de que não existe certo ou errado, nem decisão que resulte somente em consequências positivas ou negativas. Há decisões, há consequências, e há aprendizado. Ao se conduzir um processo com alta interação e consideração de variados pontos de vista, o empresário pode e deve chegar ao ponto de decisão convicto de que muniu-se da melhor qualidade de informações disponíveis, que avaliou os cenários possíveis em profundidade, e que compreendeu os potenciais impactos futuros.

Em um estágio mais avançado, surgem questionamentos sobre os possíveis candidatos e sob quais condições uma transação seria aceitável. E, caso a venda de participação seja parcial e não total, o papel e o entrosamento com os novos sócios é fator fundamental. O fardo, enfim, é pesado, mas com uma preparação adequada as chances de um desfecho satisfatório são muito mais favoráveis. Conciliar este processo de decisão com as pressões diárias da administração da empresa pode tornar-se inviável, e nós da Invistia prestamos todo o apoio e as referências necessárias ao longo do processo.

Venha tomar um café conosco.

Blog Attachment
  • devo-vender-minha-empresa-sem-borda
  • devovender

Artigos Relacionados